O DIA DO LIXO: Entenda a importância desse DIA na DIETA

By Jéssica Marzano - julho 11, 2019

Cumprindo a promessa do último post, hoje eu vou falar sobre “O DIA DO LIXO”! 

O dia do Lixo



Mas como assim: DIA DO LIXO


Isso mesmo, para quem segue uma dieta ou busca uma alimentação mais saudável, sabe que faz uma falta danada ter um dia onde tudo pode!



Aqueles dias onde você topa comer uma pizza em família ou tomar um sorvete mega colorido com os filhos! rs

Aqui em casa, minha estratégia é deixar esses dias para o fim de semana. Mantendo o equilíbrio de segunda à sexta-feira, e no sábado e domingo me permito algumas delícias pecaminosas! 

Quer saber como funciona? 

Pra você entender minha rotina, precisa saber sobre minha família, (minha filha e meu esposo). 

Eles são apaixonados pelos carboidratos, com a vantagem de ter um metabolismo altamente acelerado. Já o meu? Meu metabolismo é uma peça! rs

Logo chega a sexta-feira e a quadrilha está formada! É um tititi do que vão comer nos próximos dias! 
Falando assim, você pode até pensar que eles sofrem privação de carboidratos durante a semana (kkk), mas é mais ou menos! 

Graças a Deus não posso reclamar, desde que comecei a me alimentar de forma saudável, esta rotina tem funcionado bem aqui em casa! Durante a semana saudável e no final de semana permitido Fast Food. 

Então rola: Pizza, pastel assado, subway, sorvete, picolé e mais uma porção de coisas de onde saíram estes. 


Comer com Equilíbrio


O que eu faço para manter o equilíbrio e ainda me dá ao luxo de comer um pouquinho destes prazeres, é o controle!

Já confesso meu maior pecado: - PIZZA! Abriu uma pizzaria simplesmente sensacional aqui perto de casa e estou viciada. Todo final de semana temos 1 dia de pizza. 

O motivo de está sendo totalmente transparente com vocês sobre os nossos finais de semana, é que manter uma dieta não precisa ser difícil se você trabalhar a compulsão. Ou melhor, os gatilhos que geram a compulsão alimentar! 

Falar sobre o dia do lixo não é como ditar uma regra. É simplesmente está livre para fazer escolhas e se manter no controle. 

Qual a diferença dos demais dias? Nenhuma! Apenas um pouquinho a mais de calorias controladas. hehe

Então, vou compartilhar com você minha estratégia para alcançar este controle comendo e sendo responsável pelo que eu como. 

Se você é o que você come, então nos finais de semana sou pizza! mas pode ser que seja apenas salada, tudo vai depender se eu QUERO comer! 

Meu objetivo, após ter emagrecido mais de 10 kg, e alcançar a firmeza e a flexibilidade. Acredito que esta seja a definição de controle! 

Já esclareço que estou falando sobre: Dia do Lixo, Alimentação, Autoconhecimento, Espiritualidade e Evolução. 

Se você está lendo este post pensando apenas em emagrecer esteticamente, existem muita fórmulas que prometem milagre sabe? Mas eu prefiro apostar na vida real! =) 


Mas o que você come nos fins de semana?

Alimentação com a Família nos Fins de Semana


Geralmente começa na sexta a noite, onde eu abro uma garrafa de vinho e tomando uma bela taça! Enquanto preparo o jantar da Sophia, acabo beliscando algo do preparo (queijo, carne ou até alguns pedacinhos de coco seco).

Antes de dormir, meu ritual é o mesmo para todos os outros dias da semana: 1 xícara de chá + 1 cápsula de colágeno. 


Café da Manhã: 

No sábado, geralmente não acordo com muita fome, e acabo tomando apenas uma xícara de café bem generosa com MTC. Mas, se tiver fome neste dia, preparo uma panqueca de banana, bem simples que eu amo! 

Ingredientes: 

- 1 Ovo
- 1 Banana Prata pequena
- Canela a gosto
- Gengibre
- As vezes coloco 1 colher de sobremesa de aveia (sem glúten). 

Modo de preparo: 

Misturo tudo como se fosse fazer uma omelete e levo ao fogo em uma frigideira untada com óleo de coco ou ghee, sirvo meu café e me preparo para o dia! 


Almoço: 

No almoço eu pego mais leve e sirvo o que tiver de mais saudável. Como geralmente a noite pedimos alguma coisa ou comemos fora, então prefiro segurar a onda durante o dia, (é a minha estratégia!). 

- Salada de folhas, brócolis, couve-flor geralmente não falta. 
- Carne (boi, frango, porco e etc...)
- Geralmente 1 carboidrato (Batata inglesa, batata doce, mandioca, baroa e etc...). 

NOTA: Gente, eu não como arroz, nem mesmo o integral.
Esses dias fui na casa da minha cunhada e pensa numa pessoa que faz um arroz gostoso? Então, é minha cunhada! kkkk, nesse dia eu comi (era final de semana, kkk). 

Sobremesa: 

Chocolate 85%, lasca de coco seco ou frutas secas: Uva passas ou mirtilo.
Raros finais de semana tomo um pouquinho de açaí ou sorvete, mas é raro mesmo. 


Tarde: 

Geralmente eu tomo chá, mas se ficar com vontade escolho uma fruta para lanchar com a Sophia. Pode variar: banana, maçã, laranja e etc… . 

Mesmo comendo alguma fruta, eu ainda tomo entre 2 e 3 xícaras de chá a tarde, geralmente chá-verde, gengibre e cravo ou até mesmo o chá-preto. 

Estou testando um chá preto descafeinado da linha AHMAD TEA e estou amando! Achei no Supermercado Super Nosso. Dura uns 15 dias, somente eu tomo este chá aqui em casa.

Noite: 

A noite geralmente é pizza na certa ou pode ser um pastel assado que a galera aqui em casa ama! Sempre tomo vinho para acompanhar (a louca do vinho).

-
O que eu vejo de importante na questão alimentar muito ligado ao aumento de peso, é a facilidade em perder o controle, do que comemos, e como comemos! 
O ponto chave para lidar com a compulsão é sempre refletir sobre nossa alimentação mental. 


Na medicina chinesa é muito falado sobre se manter firme e flexível como um bambu. Mudar hábitos alimentares de forma radical é sempre um desafio para muitos, em casos de pessoas não conseguirem levar até o fim e lamentavelmente acabam voltando a comer de forma desenfreada, retomando hábitos ruins, e regredindo a um estágio ainda pior na compulsão. 

Nenhuma forma extrema dentro da visão naturopática é saudável! É sobre isso que venho aprendendo e espero compartilhar com vocês essa forma integrativa de enxergar a saúde!
Quero aproveitar para agradecer os leitores pelo carinho e deixar a mensagem para reflexão sobre generosidade: Você tem sido flexível e cuidadoso com você? 


Nota: No geral: Refrigerantes, ultra processados, refinados, pães, arroz, bolachas, açúcares e etc... são alimentos que evito o máximo que posso. Até mesmo naqueles dias de “lixo”, ok? Faz parte da escolha de cuidados que fiz com o meu corpo. 

Compromisso com a Dieta


Lembra: - Faça as pazes com você? 

Espero que tenha se identificado com esse momento! Que você possa começar pela alimentação e observar a mudança em seu cotidiano. 


Esteja no controle!
Um super beijo


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários