Saúde Integrativa: Tratando além da doença!

By Jéssica Marzano - setembro 12, 2019

Saúde Integrativa: Tratando além da doença!

Muitas doenças são causados por bactérias e vírus, mas também podem ser causadas pelo nosso estilo de vida e é aqui que surge a Saúde Integrativa.



Antes de entender o quão abrangente é esse conceito, vamos relembrar a definição de “Saúde”. 


Embora muitas pessoas acreditem que ter saúde é o mesmo que não ter doenças físicas, esse senso comum está errado. Ter saúde é estar em pleno bem-estar físico, psicológico e social.

Mesmo com essa definição, os tratamentos da medicina tradicional são de certa forma genéricos. Em geral, não existe investigação sobre a causa das doenças físicas ou psíquicas e sim o tratamento dos sintomas.

Contudo, nós como sociedade tendemos a evoluir. Com isso surge a questão: Porque tratar somente a doença?

A Saúde Integrativa tem a prerrogativa de lidar com esse questionamento.

Se melhorarmos nosso modo de viver e colocarmos a prevenção como o foco principal do nosso cotidiano, aumentaremos nossa qualidade de vida e trataremos cada vez menos de doenças.

Podemos escolher tratar o espírito, nossas emoções e nosso organismo dia após dia através de práticas milenares terapêuticas. 

O que é Saúde Integrativa?

A Saúde Integrativa é uma área da saúde que visa tratar as pessoas e não propriamente as doenças, isto é, o indivíduo é tratado de acordo com o seu histórico de vida.

A medicina convencional

Na medicina convencional, que é a mais utilizada por médicos são usados medicamentos sintéticos para tratar os sintomas de qualquer, aparente, mal-estar. 

Os efeitos são rápidos e respondem a nossa rotina atual que nos exige mais tempo do que temos.

A princípio a medicina convencional parece perfeita, mas na verdade existe um preço a pagar por tamanha rapidez. 

O primeiro ponto são os efeitos colaterais dos medicamentos sintéticos, muitas vezes você necessita utilizar algum remédio que ocasiona outro sintoma e que por sua vez deverá ser tratado com mais um medicamento.

Além disso ao usar a medicação sintética para tratar os sintomas, a causa raiz do problema poderá ser mascarada, tornando o diagnóstico impreciso.



A medicina tradicional e a saúde integrativa

A medicina tradicional surgiu bem antes da medicina convencional e engloba diversas tradições de diferentes povos como: 

A Ayurvédica Hindu (que surgiu na Índia), a medicina tradicional chinesa, a medicina Unani (que tem origem árabe) e também a medicina Indígena.

A medicina tradicional trata o indivíduo de forma terapêutica com medicações a base de ervas ou minerais, intervenções físicas como a acupuntura ou tratamentos espirituais 

A saúde integrativa vai de encontro aos preceitos da medicina tradicional, usando-se de todas as possibilidades terapêuticas disponíveis para tratar o Ser como único, a fim de entender a origem dos seus problemas físicos, que podem acontecer no âmbito emocional, espiritual ou em ambos.

Nessa abordagem multidimensional é levado em consideração o meio que o indivíduo vive, suas crenças, seu estado emocional, sua alimentação e sua rotina como um todo.

Você já ouviu a frase: “você é o que você come.”?

Pois é, com a Saúde Integrativa, é possível enxergar que não somos apenas o que comemos, mas também somos o que pensamos, somos o que sentimentos e somos de acordo com o meio em que vivemos.

Quando algum desses fatores estão em desequilíbrio, a tendência é que a nossa saúde física seja impactada.

Para que a incidência deste impacto seja menor as terapias integrativas atuam como um mecanismos de prevenção e cura de doenças. 

Como funciona a Saúde Integrativa?

A Saúde Integrativa atua de forma multidisciplinar, trabalhando em conjunto com a medicina convencional (que trata a doença) e com a medicina complementar (voltada para o estilo de vida).

O foco principal é atuar com a prevenção de doenças sejam elas provenientes do estado físico, psicológico ou espiritual. Com essa visão holística, as doenças são interpretadas como uma desordem no modo de viver do paciente. Isso significa que não há tratamento da doença?

Não! Muito pelo contrário, na abordagem da Saúde Integrativa a doença deverá ser tratada. Mas o que fazer quando você já passou por tratamentos convencionais e a doença ainda persiste?

É nesse ponto que algumas terapias alternativas e que não são não agressivas entram em cena, são elas:
  • Exercícios bioenergéticos
  • Melhoria na qualidade da alimentação
  • Psicoterapia
  • Terapias alternativas
O profissional que atua com a Saúde Integrativa tem a função de ser um facilitador no processo de cura da doença e na obtenção de harmonia no estilo de vida.


Porque a Saúde Integrativa é importante?

Antes de entender a importância da Saúde Integrativa, vamos conhecer o conceito de doenças psicossomáticas.

O que são doenças psicossomáticas?

A doença psicossomática tem origem na mente (ou alma) do indivíduo. O que antes era só um pensamento ou um mal estar emocional se transforma em uma doença física.

Ou seja, se temos um estilo de vida estressante, relacionamentos mal resolvidos ou uma família desestruturada, a nossa saúde como um todo será impactada.

Quem nunca passou por um ou mais problemas como esses? Afinal, fazem parte da vida. O que define como a sua saúde será impactada é a sua forma de lidar com as situações.

O desenvolvimento da sua inteligência emocional é uma peça chave nesse processo.

A importância da Saúde Integrativa

Se tratamos apenas os sintomas de uma doença que teve origem em sua mente, muito provavelmente esses sintomas mais cedo ou mais tarde irão voltar e talvez até com maior intensidade.

A Saúde Integrativa se faz importante na missão de fazer com que esses sintomas não retornem e isso é feito através do desenvolvimento da consciência corporal, mental e espiritual.

O foco aqui é proporcionar ao seu corpo e mente o funcionamento normal, fortalecendo seu sistema imunológico e psicológico para que as adversidades tragam baixo impacto no seu bem-estar.

Se você ainda tem dúvidas de que pode evitar uma doença apenas com a consciência corporal e mental, pense só no efeito placebo que muitos cientistas usam para testar a eficácia de alguns remédios.

Nesses testes, muitas pessoas ingerem pílulas placebo (pílulas de farinha ou açúcar que não tem nenhum efeito sobre a doença tratada) e mesmo assim obtém melhora! 

O fato do indivíduo acreditar na cura, faz com que suas emoções se alterem influenciado outros aspectos do corpo como o sistema nervoso, imunológico e hormonal, o que ajuda a alcançar a melhora de estado e até mesmo a cura total de algum mal.  

Esse tipo de teste mostra por si só mostra o poder do nosso estado psicológico!

Saúde Integrativa através de práticas integrativas e complementares

As práticas de saúde integrativa e complementar tem como objetivo o fator humano e busca integrá-lo ao “ser social” e o “ser espiritual”.

Muitas pessoas, mesmo não tendo conhecimento do termo Saúde Integrativa já participaram de algumas dessas práticas, buscando maior bem estar físico e psíquico. 

Por meio dessas práticas podemos diminuir e até mesmo eliminar hábitos que nos tem trazido prejuízo. Vamos conhecer algumas:

1. Meditação: essa prática busca atingir níveis avançados de concentração e relaxamento.

2. Reiki: é um método terapêutico que trabalha com a energia vital para trazer cura através de imposição das mãos.

3. Homeopatia: trabalha com medicamentos naturais em pequenas doses, a fim de restaurar e estimular as defesas do organismo.

4. Fitoterapia: processo que estuda tratamentos através de plantas medicinais e seu uso popular.

5. Terapia Floral: utiliza essências florais que induzem a transformação da mente, o despertar da consciência e a liberação de potenciais latentes.

6. Yoga: é uma filosofia antiga, que trabalha o corpo através de exercícios de fortalecimento e flexibilidade e também a mente através de meditações.

7. Psicoterapia: é um trabalho em conjunto entre o psicólogo e o paciente. Com ela é possível trazer a luz os pontos de atenção em seu comportamento que estão impedindo a satisfação emocional

8. Dietoterapia: tem como foco melhorar ou restabelecer a saúde do indivíduo através da alimentação. 

Já realizou alguma dessas práticas? Se não, experimente começar pela a que mais te agrada e sinta as mudanças de forma imediata!

Quer saber mais? Continue acompanhando o nosso blog.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários