Banner Superior

Hábitos alimentares: saiba como suas escolhas refletem no seu dia-a-dia

Hábitos alimentares: saiba como suas escolhas refletem no seu dia-a-dia

Em muitos casos ter hábitos alimentares saudáveis é associado exclusivamente ao emagrecimento ou a pessoas que precisam restringir alguns alimentos devido a doenças como diabetes e colesterol.

Ao longo dos anos o nosso metabolismo vai mudando e se torna mais lento, isso quer dizer que, as mesmas escolhas que você você fazia aos 18 vão impactar de forma diferente em seu corpo aos 40.

Ter bons hábitos alimentares é tratar o seu corpo com respeito e cuidado. Pensando nisso iremos falar sobre como escolher alimentos ruins pode impactar no seu dia-a-dia e ainda você terá algumas dicas de como inserir bons hábitos alimentares em sua rotina.


O que os maus hábitos alimentares podem causar?

A correria do dia-a-dia faz com que hábitos alimentares dos brasileiros não sejam os melhores. Com a oferta de industrializados e comidas prontas, se alimentar de forma errada começou a fazer parte do cotidiano de muitas pessoas.

Os alimentos industrializados trazem facilidade e rapidez, mas também trazem excesso de sal, açúcares, conservantes e diversos componentes químicos que fazem mal ao nosso organismo.

Os maus hábitos alimentares mais comuns e suas consequências


Beber pouca água
Cerca de 70 a 75% do corpo humano é composto por água, isso significa que precisamos consumir uma quantidade considerável para que nosso organismo funcione da forma correta.


  • Consequências de beber pouca água:
  • Infecção urinária e cálculo renal
  • Funcionamento intestinal prejudicado
  • Retenção de líquidos
  • Fadiga e cansaço
  • Mau hálito
  • Dores de cabeça
  • Pele ressecada e fissuras



Consumir muito açúcar, através de doces industrializados e refrigerantes
Quem não gosta de um chocolate? Pouquíssimas pessoas não é mesmo?
Acontece que o consumo exagerado de doces, refrigerantes e afins pode causar vários danos ao organismo, como:


  • Dependência por doces, já que eles causam picos de energia em nosso corpo
  • Problemas de pele: acne, ressecamento, rosácea, oleosidade em excesso e até olheiras
  • Aumento de peso
  • Aumento de cáries
  • Dificuldade de concentração
  • Imunidade baixa
  • Diabetes tipo 2


Consumir pouca fibra e muito carboidrato simples
O consumo de fibras faz com que o corpo fique regulado e funcione da forma correta. Consumir poucas fibras e muitos carboidratos simples, pode acarretar em problemas de curto e longo prazo, como:


  • Colesterol alto
  • Constipação intestinal
  • Hipoglicemia
  • Aumento de peso
  • Fome constante
  • Inchaço corporal
  • Acúmulo de gordura
  • Diabetes tipo 2
  • Doenças cardiovasculares


Maus hábitos alimentares e desequilíbrio emocional


Antes de iniciar uma mudança de hábitos alimentares é importante entender a sua relação emocional com a comida.

Muitas vezes, planejamos uma melhoria em nossa forma de escolher o que consumimos e no minuto seguinte estamos falhando nesse planejamento.

Isso acontece por diversos motivos e um deles pode ser o fator emocional.
Em muitos momentos usamos a comida como uma recompensa por um dia estressante ou um acontecimento triste.

Além disso costumamos preencher nossos vazios e momentos ansiosos com alimentos, mesmo que não estejamos com fome.
Para manter hábitos saudáveis é importante detectar se esses padrões acontecem no seu dia-a-dia e tratá-los. Sempre lembrando que o corpo saudável se organiza em três âmbitos: físico, mental e espiritual.


Como mudar hábitos alimentares?

Se você está a muito tempo cultivando hábitos alimentares ruins, talvez seja o momento de olhar para si com mais carinho e se cuidar.

Mudar hábitos alimentares não é uma tarefa rápida que acontece da noite para o dia, existe um processo de mudança que ocorre aos poucos chamado reeducação alimentar.

As dietas altamentes restritivas para emagrecimento, duram pouco tempo, podem prejudicar a saúde e ainda podem ter o efeito inverso em pouco tempo.  Com a reeducação alimentar você irá mudar os seus hábitos de forma progressiva, sempre respeitando o seu tempo e gostos pessoais.

Trata-se de uma mudança permanente de estilo de vida, incluindo tudo que você sempre gostou, entretanto, de forma controlada.


Dicas de como inserir bons hábitos alimentares no seu dia-a-dia

1. Beba água

Você sabia que algumas vezes pode sentir fome, mas na verdade o que seu corpo está precisando é de água?

Exatamente por isso é importante beber a quantidade correta de água diariamente a fim de aumentar a saciedade e comer somente o necessário.
A média são 2 litros por dia, mas você também pode consultar um nutricionista e ele(a) irá calcular a quantidade ideal de líquido  para o seu corpo.



2. Elimine a disponibilidade

Se o que você deseja de verdade é mudar seus hábitos alimentares o primeiro passo é não ter mais no armário da sua casa produtos nocivos como industrializados, processados e refinados.

3. Não corte, substitua
Comer bem não significa tirar da sua alimentação tudo o que você gosta. A dica de ouro é fazer transições entre os alimentos, como trocar o arroz branco pelo arroz integral. Veja, você não deixou de comer arroz, apenas está fazendo uma escolha melhor que trará mais nutrientes e saciedade ao seu corpo.

4. Controle as quantidades
Mesmo quando falamos em alimentos saudáveis, é importante não comer de forma exagerada. Verifique com um profissional, quais são os tamanhos ideais de porções para que você esteja satisfeita e saudável.

5. Use a criatividade e faça pratos saborosos
Saber que estamos comendo um prato mais elaborado nos estimula a manter nossas novas escolhas, comer saudável não tem nada a ver com comida sem sabor. Existem muitos temperos e condimentos naturais que fazem bem ao corpo e podem incrementar os seus pratos. Busque novas receitas na internet e adapte a sua realidade.

6. Use a regra 80/20
Mantenha seus hábitos saudáveis em 80% de suas refeições e tire 20% delas para inserir coisas que te dão prazer, sempre respeitando o tamanho das porções. Isso te ajudará a continuar firme em seu propósito.

7. Deixe opções a mão
Se o seu tempo é curto, talvez você não tenha tempo de preparar alimentos saudáveis todos os dias. Por isso o ideal é deixar alguns pratos já preparados na geladeira.

Deixe carnes e molhos prontos assim você poderá apenas aquecer quando chegar do trabalho. Deixe também frutas, legumes e folhas limpos, para que possam ser consumidos na hora.

Se você passa muito tempo fora de casa, tenha sempre a mão snacks saudáveis, como castanhas variadas, frutas, biscoitos de arroz, iogurte com alguma fonte de fibras como aveia, chia ou linhaça.

Com todas essas opções a mão você não corre o risco de comer algo errado na rua ou chegar em casa e pedir uma pizza.

8. Comemore as pequenas mudanças
A reeducação alimentar acontece aos poucos e é muito importante valorizar cada pequena mudança, para que o processo seja satisfatório e continue. Por isso, comemore, vibre e conte aos amigos familiares cada superação.

A mudança de hábitos alimentares garante um melhor funcionamento do organismo, maior disposição e energia e ainda o aumento dos neurotransmissores associados ao bem-estar, como a serotonina e a dopamina.

Cuidar do que você come é aumentar a sua qualidade de vida em diversos aspectos.

Está pronta para começar? Conte com a Estilo Funcional nessa jornada!

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Respostas
    1. Olá Jéssica, tudo bem?
      Fico feliz por este conteúdo ter sido útil. Obrigada pelo carinho de sempre! Um grande beijo =)

      Excluir